O Projeto

           No 2º biênio de atuação, o projeto RECOR entra numa nova etapa e restaura nascentes e áreas degradadas de mata ciliar da bacia hidrográfica do Coruripe. Com patrocínio Petrobras através do programa Petrobras Socioambiental 2014, o RECOR também realiza levantamento de fauna e flora nativas da mata atlântica. Pelo menos cinco municípios alagoanos estão alcançados diretamente pelas ações do projeto: Coruripe, Teotônio Vilela, Junqueiro, Igaci e Limoeiro de Anadia.  O RECOR também atua na área de educação ambiental através de ações focadas na conservação de recursos naturais.

      O projeto RECOR tem como linha de atuação 'Restauração de Ambientes Florestais e Areas de Preservacão Permanente na Região Hidrográfica do Rio Coruripe', tendo como período de realização um prazo de 24 meses, com final previsto para maio de 2016. Este prazo poderá ser estendido de acordo com o sucesso de suas metas e com a consolidação de suas parcerias.

         O Projeto RECOR é uma iniciativa da AGERH - Associação Pró-Gestão dos Recursos Hídricos da Região Hidrográfica do Rio Coruripe e tem como principais apoiadores o Comitê da Região Hidrográfica do Rio Coruripe (CRHC) e a Usina Seresta.

 

RECOR I

         No primeiro biênio (2011-2012), o RECOR – Restauração do Rio Coruripe atuou na recuperação de matas ciliares na região do Médio Coruripe. As cidades beneficiadas diretamente foram Teotônio Vilela e Junqueiro. O projeto RECOR teve como tema transversal a educação ambiental. Os resultados do primeiro biênio do projeto RECOR foram maiores do que a expectativa. Ampliação do Centro de Produção de Mudas que hoje tem capacidade para produzir 100 mil mudas por ano, recuperação de 80 hectares de mata ciliar, foram plantadas 165 mil mudas, nas atividades de educação ambiental estiveram engajados mais de 600 professores, 90 gestores ambientais, quase 6 mil crianças e jovens, 56 lideranças comunitárias, 112 membros de comitê de bacia, foram realizados 27 cursos, 10 oficinas e 56 palestras. Também foram feitas 55 trilhas interpretativas. Diante desse quadro, foram mais 8.800 pessoas beneficiadas diretamente pelas ações do projeto.